Autores
 
EDITORAS PARCEIRAS
Anatomia da Cura

Anatomia da Cura

O significado da doença, física, mental e espiritual

Christine R. Page

Tema:

Saúde - Autoconhecimento

Tamanho: 16,00 x 23,00 cm
Páginas: 312
ISBN:

8571871612

Disponibilidade: POD

A autora, Christine R. Page, médica conceituada e respeitada por sua pesquisa na área da saúde, encontrou a forma ideal para mostrar nossa anatomia sutil e a oportunidade que a doença traz para o desenvolvimento da alma.

Examinando detalhadamente os chacras e a relação de cada um deles com as doenças, a patologia e o desenvolvimento da alma, ela explora e amplia nossa visão das doenças e de sua função, cujo objetivo é o nosso crescimento.

Honesto, corajoso e estimulante este é um livro que nos leva a pensar melhor na cura em todos os níveis (do corpo, da mente e do espírito) compreendendo o significado profundo da doença.

Traz diagramas, exercícios e reflexões que apontam os passos necessários para conduzir a pessoa da cura à totalidade, tornando-se leitura indispensável e de longo alcance em seu ramo, não só para a saúde mas para a consciência humana.

“Coisas surpreendentes podem acontecer quando as pessoas estão doentes. Elas desenvolvem forças que até então estiveram muito bem escondidas.
Para muita gente, o livre arbítrio traz consigo o medo do fracasso e de cometer erros. Na verdade, erro é uma coisa que não existe; nada é desperdiçado. Os eventos mais negativos do mundo oferecem um aprendizado para a alma, nem que seja somente o de não tomar novamente aquele caminho.
O sentido de nossa vida é desenvolver a autoconsciência, que significa conhecer e aceitar a nós mesmos como seres espirituais. À medida que essa autoconsciência aumenta, trabalhamos rumo à totalidade, e essa totalidade leva à meta suprema, a união com Deus.
Este livro foi feito para ajudar você a mergulhar na vida interior, para procurar estabelecer um vínculo entre o saber esotérico dos antigos e o homem moderno. Depois de todos os meus anos de experiência clínica, estou convencida de que relegar os sinais e sintomas apenas à esfera de dar nome a uma doença é ignorar uma pista vital que nos é fornecida pela própria alma.
Acho que se conseguirmos decodificar a mensagem da doença, podemos chegar a uma compreensão maior da área da alma que está se desenvolvendo naquele momento.
Desse modo, nós, da área da saúde, poderemos dar apoio ao paciente de forma mais construtiva, e ele terá condições de contribuir ativamente para o seu processo de cura”.
Christine R. Page